Início do Conteúdo

memorial doadores de orgaos por do sol

Transplantar um órgão ou tecido que adoeceu e que perdeu a capacidade de recuperação é uma das maiores conquistas da humanidade na área da assistência à saúde.  Chegou-se a este avanço após muitas pesquisas e descobertas nos campos da Medicina, da Imunologia e da Farmacologia.

O Brasil tem hoje o maior programa gratuito de transplantes de órgãos e tecidos do mundo através do Sistema Único de Saúde (SUS) e regulado pelo Sistema Nacional de Transplantes. O Hospital de Clínicas de Porto Alegre é a instituição pública que mais transplanta órgãos e tecidos no sul do país – em torno de 400 procedimentos por ano. 

Mas não basta ter recursos tecnológicos ou competência profissional para realizar transplantes e salvar ou melhorar tantas vidas. Os transplantes dependem de uma condição muito complexa, mas também muito singela – a doação dos órgãos e tecidos de alguém que já partiu.  Muitas vezes, a segunda chance de alguém que espera por um órgão poder sobreviver está muito mais próxima do que imaginamos, ou seja, depende de um DOADOR DE ÓRGÃOS

Este Memorial homenageia os doadores de órgãos e tecidos do HCPA*, até então heróis anônimos, deixando de forma perene o reconhecimento e o agradecimento às famílias que, através de um sim num momento de grande dor e tristeza, concretizaram esse ato de amor e generosidade. 

Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos
para Transplantes (Cihdott)

botao 2019

 botao 2018

As doações de órgãos autorizadas antes de 2018 também poderão ser divulgadas, de acordo com interesse das famílias. Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou 51 3359.8354.

* Divulgação autorizada através de Consentimento Informado assinado por familiar a partir de 2018.