Início do Conteúdo

 destaque da pesquisa wolnei face

O aparelho de uso domiciliar de Estimulação Transcraniana por Corrente Contínua (ETCC) confeccionado no Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Neuromodulação Translacional (INCT-NT), um dos seis INCTs sediados no Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), mostrou resultado seguro e eficaz na redução da dor crônica, de sintomas depressivos e até redução do uso de analgésicos. A diminuição dessas manifestações se deu, em média, em 64% das pacientes evolvidas na pesquisa.

O estudo foi realizado em pacientes com fibromialgia e saudáveis. No entanto, a técnica vem sendo aplicada em ensaios clínicos para dor, depressão, transtorno de déficit de atenção e dor pós-operatória. O dispositivo foi testado em 20 mulheres, durante 30 minutos por dia e em 60 sessões. O trabalho liderado pelo chefe do Serviço de Tratamento da Dor e Medicina Paliativa do HCPA, Wolnei Caumo, foi publicado em vídeo, na revista científica Jove, de abrangência internacional. A descoberta tem o objetivo de integrar a Neurociência clínica e oferecer novas possibilidades terapêuticas de baixo custo e em larga escala. 

O ETCC foi projetado em parceria com a Engenharia Biomédica do HCPA, contando com a experiência de instituições do exterior, como a Harvard Medical School. O equipamento é de fácil manuseio, por isso pode ser usado em casa pelo paciente. Ele é portátil e alimentado por baterias recarregáveis. Tem dois canais pelos quais é injetada salina com uma seringa. O líquido serve para umedecer a pele do crânio e ativar as correntes de eletrodos, responsáveis pelo tratamento não invasivo. Além disso, vem com uma touca elástica com esponja vegetal interna, que dever ser acoplada à cabeça como um boné, no momento da sessão. “A interface com o usuário é feita por meio de teclas que permitem ligar/desligar, iniciar/interromper a estimulação e um display para visualização do status de tratamento”, explica o professor, que também é coordenador do Laboratório de Dor e Neuromodulação do Clínicas. O dispositivo já tem registro de patente.

 Artigo Home-based transcranial direct current stimulation device development: updated protocol used at home in healthy subjects and fibromyalgia patients, autoria de Fabiana Carvalho, Aline Patrícia Brietzke, Assunta Gasparin, Franciele Pereira dos Santos, Rafael Vercelino, Rafael Firmino Ballester, Paulo Roberto Stefani Sanches, Danton Pereira da Silva Jr, Iraci L. S. Torres, Felipe Fregni e Wolnei Caumo, publicado na revista Jove, em julho de 2018.

*Para o mês de novembro, o critério de escolha foi: Publicação/produção de um Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia sediado no HCPA.