Início do Conteúdo

 

As características, ações e resultados do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) foram apresentados nesta quarta, 20, ao vice-presidente da República, Hamilton Mourão. A diretora-presidente Nadine Clausell e a advogada Tânia Proença foram recebidas em visita de cortesia e tiveram a oportunidade de expor dados sobre a assistência, o ensino, a pesquisa e a gestão da instituição.

O vice-presidente ficou bem impressionado com os resultados do Clínicas, tanto do ponto de vista social quanto econômico. "Vocês têm o melhor de dois mundos", disse Mourão. De um lado, estava se referindo ao vínculo acadêmico com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), que possibilita o enriquecimento da assistência por meio da atuação conjunta com o ensino e a pesquisa. De outro, enfatizou que o fato de o HCPA ser uma empresa pública de direito privado, com autonomia administrativa, possibilita mais agilidade e eficácia à gestão, além de ausência de déficit. Nadine lembrou que o modelo único do HCPA foi criado na década de 1970 e hoje serve de inspiração para outros hospitais universitários do Brasil, por meio da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). O general Mourão reconheceu a importância desta parceria e destacou a relevância, no processo, do AGHUse, que é utilizado inclusive pelo Exército Brasileiro.

Sobre a questão dos anexos, a diretora-presidente explicou que os dois novos prédios estão praticamente concluídos, sem necessidade de mais recursos para obras, faltando, porém, verbas para equipamentos e vagas para contratação de pessoal. Mourão manifestou interesse em conhecer o hospital, aventando-se a possibilidade de que visite a instituição em alguma etapa de inauguração das novas instalações ao longo de 2019.

Seguindo na aproximação com o novo Governo, para apresentação do HCPA e de seus projetos, a Direção busca agendar para os próximos dias reuniões com o secretário executivo de Educação Superior do Ministério da Educação e o de Coordenação e Governança das Estatais do Ministério da Economia.

Foto: Romério Cunha/VPR

nadine brasilia. romerio cunha